Portal Sistema Firjan
menu

Notícias

Firjan

Firjan SESI lança Guia de Saúde com orientações sobre variante Ômicron da Covid-19

Guia enfatiza a necessidade de se reforçar os cuidados para evitar o impacto dessa variante na indústria

Guia enfatiza a necessidade de se reforçar os cuidados para evitar o impacto dessa variante na indústriaFoto: Divulgação

Tempo médio de leitura: ...calculando.

Publicado em 07/01/22 16:06  -  Atualizado em  10/01/22 11:46

Diante do aumento de casos de Covid-19, com o surgimento da variante Ômicron do SARS-CoV-2 e a constatação da transmissão comunitária no Rio de Janeiro, a Firjan SESI elaborou uma nova edição de seu Guia de Saúde para orientar as indústrias fluminenses quanto aos cuidados necessários e às boas práticas de prevenção da doença. Embora a variante Ômicron tenha se mostrado de baixa agressividade e letalidade, exige o isolamento de quem a contrai, o que provoca um alto número de ausências de trabalho e a consequente queda da produtividade.

Baixe aqui o Guia de Saúde Firjan SESI Edição: Covid-19 − Variante Ômicron

“Recomendamos como da maior importância que as empresas acessem esse guia elaborado pela Firjan SESI e atualizem o conhecimento de todos os cuidados e boas práticas de higiene frente a este novo cenário da pandemia da Covid-19. Com informação e, acima de tudo, prevenção, conseguiremos enfrentar este momento com confiança e segurança”, afirma o presidente em exercício da Firjan, Luiz Césio Caetano.

O guia, preparado pela equipe técnica da Firjan SESI, enfatiza a necessidade de se reforçar os cuidados para evitar o impacto dessa variante na indústria. “Desde o início da adoção de medidas preventivas no Brasil, a federação através do SESI buscou levar o máximo de informação técnica qualificada para suporte às empresas, reforça Carlos Magno, gerente geral de Negócios da Firjan.

Embora os sintomas da Ômicron – fadiga, dor de garganta, dor no corpo, dor de cabeça e tosse – sejam mais leves do que os das outras formas de Covid-19 conhecidas, há a possibilidade de infecção simultânea com o vírus da Gripe Influenza H3N2. “O aumento do número de pessoas imunizadas pode explicar a baixa letalidade da Ômicron, que tem uma ligação com a área respiratória superior, concentrando-se na região da garganta e nariz, sem afetar os níveis de oxigenação, como acontecia com a variante Delta. Daí confundir-se com os sintomas de resfriado. A vacinação é fundamental para minimizar a agressividade da Covid-19, que provoca um grande impacto na indústria. Essa variante ainda exige isolamento do doente por sete dias, conforme Resolução N° 5236,  de 05 de janeiro de 2022, da Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro”, diz Alexandre Carloni, especialista em Medicina da Firjan, que participou da elaboração do Guia.

Em formato digital, o guia indica como medidas mais eficazes para evitar a Covid-19 – até o momento – o uso de máscara de proteção que cubra boca e nariz, a higiene dos locais de trabalho e das residências, o distanciamento social e a vacinação em massa de pessoas de diversas faixas etárias.

Aproveite e acesse aqui o HUB Coronavírus da Firjan SESI e tenha acesso a outros conteúdos relevantes de prevenção.

 

 
Para Empresas
Competitividade Empresarial Educação Qualidade de Vida