Portal Sistema Firjan
menu

Notícias

Firjan

Em discurso de posse, Eduardo Eugenio reafirma: “O Rio tem jeito!”

Tempo médio de leitura: ...calculando.

Publicado em 14/10/20 12:25  -  Atualizado em  14/10/20 13:51

Em solenidade nessa quarta-feira, ocorreu a posse das diretorias da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) e do Conselho Industrial do Rio de Janeiro (CIRJ) para o período 2020-2024. Presidente das duas instituições, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira reafirmou em seu discurso “que o estado do Rio de Janeiro tem jeito!”.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, participou da cerimônia por videoconferência e o governador em exercício do estado do Rio, Cláudio Castro, enviou uma mensagem de vídeo. Também assistiram à posse centenas de empresários de todo o país, presidentes de federações industriais dos demais estados e autoridades públicas. Houve mais de 1.200 acessos à transmissão on-line.

Eduardo Eugenio assinou o termo de posse na sede da federação junto com o primeiro e o segundo vice-presidentes eleitos da Firjan, Luiz Césio Caetano Alves e Carlos Erane de Aguiar, respectivamente; e com o primeiro e o segundo vice-presidentes do CIRJ, Carlos Fernando Gross e Raul Sanson.

IC-posse-diretoria-20-24_vinicius-magalhaes-16.jpg
Eduardo Eugenio e os vice-presidentes da Firjan e da Firjan Cirj participaram da solenidade na sede da federação | Foto: Vinícius Magalhães

 

O presidente da federação foi enfático ao afirmar que o “O Rio tem jeito!”. Ele citou os pilares do “Programa de Retomada da Economia do Estado do Rio de Janeiro em bases competitivas”, apresentado em junho. O programa pede a aprovação urgente da lei do gás, em tramitação no Senado Federal; a manutenção dos vetos na lei que estabeleceu o marco do saneamento, permitindo a venda de empresas estaduais; a implementação das parcerias público-privadas e do cluster tecnológico naval no estado fluminense.

Propostas para reerguer o Rio

E lembrou também do Programa Resiliência Produtiva, conjunto de propostas criadas pela federação em tempo recorde para o enfrentamento da pandemia nos âmbitos municipal, estadual e federal: “Oitenta por cento delas já foram atendidas pelo governo!”.

Eduardo Eugenio destacou a necessidade de se investir no combate ao crime organizado e na recomposição das finanças públicas do estado. Dois pilares de políticas públicas importantes para devolver ao Rio de Janeiro a capacidade de crescimento e de geração de emprego e renda para a população fluminense.

No âmbito nacional, o presidente da Firjan lembrou as ações adotadas pelo governo federal no combate à pandemia do novo coronavírus como a flexibilização de regras trabalhistas, programas de crédito e financiamento para as pequenas e médias empresas, garantindo a atividade das indústrias e evitando o desabastecimento.

De Brasília, por videoconferência, o presidente Jair Bolsonaro também afirmou que o Rio e o Brasil têm jeito. Ele reconheceu o esforço do empresariado brasileiro e fluminense na recuperação econômica do país: “Com o parlamento aprovamos reformas, como a da Previdência. Implementamos medidas para mitigar os efeitos da pandemia. O papel do governo é não atrapalhar quem quer empregar e empreender. Contamos com essas pessoas arrojadas e corajosas”.

Presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães afirmou que a instituição financeira continuará focando sua atuação na micro e pequena empresa, mas também nas grandes que investem, principalmente, nos setores imobiliário e de saneamento.

O governador Cláudio Castro exaltou a parceria com a indústria na retomada responsável e segura das atividades, possibilitando a geração de 4 mil postos de trabalho em agosto: “A indústria do Rio é um dos maiores agentes de mudança do nosso estado, gerando ideias, empregos e soluções para a transformação que tanto desejamos. A Firjan, uma entidade quase bicentenária, sempre se dedicou ao desenvolvimento no nosso estado".

Conselho Fiscal e representantes na CNI

Além do presidente e vices, tomaram posse os integrantes efetivos e suplentes da diretoria plena, do Conselho Fiscal da federação, os delegados representantes da Firjan junto à Confederação Nacional da Indústria (CNI) para o quadriênio 2020-2024. No CIRJ, tomaram posse virtualmente os membros efetivos e suplentes, mais os integrantes dos conselhos de Administração e Fiscal da entidade.

Para acessar a lista completa da diretoria plena da Firjan e dos delegados representantes junto à CNI clique aqui.

Para acessar a lista completa dos conselhos de Administração e Fiscal e diretoria do CIRJ clique aqui.

 
Para Empresas
Competitividade Empresarial Educação Qualidade de Vida