Portal Sistema Firjan
menu

Notícias

Educação

Colônia de Férias da Firjan SESI faz gincana para estimular reciclagem de tampinhas de plástico

Caxias foi uma das quinze unidades da Firjan SESI que fizeram colônia de férias para seus alunos

Caxias foi uma das quinze unidades da Firjan SESI que fizeram colônia de férias para seus alunosFoto: Divulgação

Tempo médio de leitura: ...calculando.

Publicado em 25/03/19 15:08  -  Atualizado em  26/03/19 12:44

Aproximadamente 112 mil tampinhas foram coletadas durante o mês de janeiro na edição Verão 2019 da Colônia de Férias da Firjan SESI. A ação foi uma atividade lúdica focada em educação ambiental para as crianças. O material arrecadado foi direcionado ao projeto Sementes do Plástico, do Instituto Soul Ambiental, que o enviou para reciclagem e desenvolvimento de novos produtos.

A escolha do plástico como material a ser arrecadado está alinhada ao Planejamento Estratégico do Setor de Plástico da Firjan. “O plástico não é um vilão. Por isso, criamos atividades, que foram apresentadas à Firjan SESI, para ensinar aos jovens como fazer o descarte correto e como é importante valorizar a economia circular e os resíduos”, explica Rafael Sette, diretor Ambiental do Instituto Soul Ambiental, que se coloca à disposição de outras empresas para criar projetos sob demanda, de acordo com as características e objetivos de cada companhia (e-mail: rafael.sette@soulambiental.com.br).

O projeto Semente do Plástico, do Instituto Soul Ambiental, conta com o apoio do Sindicato da Indústria de Material Plástico do Estado do Rio (Simperj). Segundo Marcelo Oazen, presidente em exercício da entidade, o objetivos é combater o desperdício. “O estímulo à reciclagem tem como fundamentos os aspectos ambiental e financeiro. Não há porquê o consumidor jogar fora tampinhas, copos e garrafas, que podem ser reaproveitados pelo setor. Depois de processado, o material reciclado sai pela metade do preço e, com isso, volta para a cadeia produtiva”, ressalta Oazen. Segundo ele, a reciclagem ainda tem o mérito de gerar renda. Um quilo desse material é vendido para os coletores do setor por R$ 1,80 a R$ 2,50, valendo mais quando estiver limpo. Tampinhas também valem mais do que copos e garrafas. 

Para auxiliar na disseminação da informação sobre o descarte correto dos resíduos pós-consumo e, com isso, aumentar a reciclagem e a reutilização dos plásticos, os professores da colônia receberam uma cartilha para auxiliá-los e um vídeo educativo.

 Foi muito gratificante ver o quanto essa nova geração está engajada na questão de sustentabilidade do planeta - Débora Erthal, gerente de Saúde Integrada da Firjan SESI.

“A ação superou as nossas expectativas. Foi muito gratificante ver o quanto essa nova geração está engajada na questão de sustentabilidade do planeta. Pretendemos continuar avançando em ações voltadas para a temática do socioambiental”, destacou Débora Erthal, gerente de Saúde Integrada da Firjan SESI. O objetivo é expandir a ação ou criar iniciativas semelhantes para todo o Ensino Fundamental ainda em 2019.

Unidades
Quinze unidades da Firjan SESI fizeram colônia de férias para seus alunos. A unidade Nova Iguaçu foi o grande destaque e vencedora da gincana, tendo arrecadado 27.157 tampinhas. A estratégia adotada para aumentar o engajamento foi a criação da campanha rei e rainha da colônia para aqueles que arrecadassem mais tampinhas. A ideia deu tão certo que as crianças envolveram familiares, amigos e vizinhos na arrecadação.

 
Para Empresas
Competitividade Empresarial Educação Qualidade de Vida