Portal Sistema Firjan
menu

Notícias

Educação

Programa Firjan SESI Matemática torna disciplina mais amigável para alunos

Arena Firjan SESI Matemática foi uma das atrações do Congresso Internacional de Matemáticos

Arena Firjan SESI Matemática foi uma das atrações do Congresso Internacional de MatemáticosFoto: Vinícius Magalhães

07/08/18 15:50  -  Atualizado em  27/08/18 19:33

Visitantes do Congresso Internacional de Matemáticos, o maior do mundo nessa área e pela primeira vez no Hemisfério Sul, conheceram de perto o Programa Firjan SESI Matemática, que comprovadamente torna a disciplina mais "amigável", segundo pesquisa feita com alunos e divulgada no período do evento.

Dados do estudo indicam que as ferramentas do programa utilizadas nas salas de aula, como games online e materiais concretos, aumentaram o interesse em Matemática de 78,3% dos alunos da Firjan SESI, cuja rede de escolas tem mais de 8 mil estudantes.

Nas escolas públicas que aplicam a metodologia, o percentual foi semelhante: 73,11%. Já quase a totalidade dos professores (98,5%) considera que as discussões e reflexões propostas contribuíram para sua atividade profissional.

O desafio de deixar a matemática mais amigável e próxima do cotidiano começou no Rio de Janeiro e hoje está presente em mais sete estados. Os visitantes da Arena Firjan SESI Matemática, montada no estande da Firjan SESI no evento internacional, puderam experimentar algumas das ferramentas interativas, percebendo de perto seus efeitos positivos. O Congresso acontece de 1 a 9/08, no Riocentro, com a presença de brasileiros e estrangeiros.

Andréa Marinho, diretora de Educação da Firjan, diz que a iniciativa enfrenta o desafio de tornar o aprendizado da matemática interessante, já que, historicamente, o Brasil tem resultados ruins na disciplina. “Esse fato tem impacto direto no baixo percentual de jovens que concluem o Ensino Médio e, a partir daí, sobre os que fazem opção por carreiras ligadas às ciências, base fundamental para inovação e desenvolvimento de novos modelos de negócio”, explica ela.

Confira o resultado da pesquisa, na íntegra, encomendado pela Firjan SESI à Fundação Coppetec, da COPPE UFRJ.
Esta é uma versão parcial do documento; o final será publicado em breve.
 

 
Para Empresas
Competitividade Empresarial Educação Qualidade de Vida